Buscar
  • sopromov

Discurso pró-LGBT torna-se viral nos EUA

21.04.2022

A senadora Lana Theis acusou-me de aliciamento e sexualização de crianças por eu denunciar a sua política de marginalização da comunidade LGBTQ”, mas eu só quero dizer: “Sou uma mãe hétero, branca, cristã, casada e suburbana” que quer que “todas as crianças se sintam vistas, ouvidas e apoiadas – não marginalizadas nem visadas por não serem héteros, não serem brancas, ou não cristãs”, afirmou Mallory McMorrow na tribuna do Senado do Estado do Michigan num discurso que se tornou viral nos Estados Unidos.

A senadora democrata McMorrow reagia assim a um mail de Theis (republicana) enviado no âmbito da sua campanha para a obtenção de apoios financeiros em que esta a acusava de pedofilia. Com as eleições do próximo mês de novembro no horizonte os temas LGBT têm estado no centro da confrontação política entre republicanos e democratas, sobretudo a propósito do papel da escola na educação das crianças e jovens em matéria de género e de orientação sexual.

Vários Estados de domínio republicano têm criado listas de livros proibidos de serem recomendados nas escolas e as ações de associações de pais contra professores que abordam aquelas questões nas suas aulas têm aumentado.

Muitos democratas defensores da causa LGBT têm-se remetido a uma posição defensiva quando atacados como contrários aos valores tradicionais da família, da fé cristã e da América. Não foi o caso de Mallory McMorrow que lembrou: “O ódio vence quando pessoas como eu ficam quietas e deixam-no correr. Eu não vou deixar que isso aconteça.”



13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo